CHRIS BROWN DEFENDE CONOR MCGREGOR

Chris Brown, cantor norte-americano que namorou com Rihanna e que foi condenado por violência doméstica contra a cantora, depois de a ter espancado violentamente em 2009, defendeu publicamente o lutador Conor McGregor, que esta semana foi detido depois de um ataque louco que protagonizou em Nova Iorque.

Sobre McGregor, que invadiu um evento de luta e atacou o autocarro no qual seguiam lutadores seus rivais, Chris Brown mostrou-se compreensivo. "É normal, todos nós temos os nossos momentos de loucura", afirmou o rapper ao TMZ, numa declaração que já está a gerar polémica.

Vários internautas criticam o cantor, de 28 anos, e acusam-no de estar a normalizar a violência perante os jovens.

Mas Chris Brown não está sozinho. Justin Bieber também defendeu o lutador de MMA e acabou duramente criticado. "Todos cometemos erros. Acho que vai ficar tudo bem com o Conor. Mas honestamente não sei se ele deve ou não ser banido dos ringues", considerou o artista canadiano.

Conor McGregor foi detido na madrugada desta sexta-feira, depois de se ter entregado à polícia, horas após ter protagonizado uma série de agressões e desacatos no Barclays Centre, em Nova Iorque, Estados Unidos.

O lutador reagiu da pior forma à decisão de Dana White, presidente da UFC (Ultimate Fighting Championship, a federação do MMA) de lhe retirar o cinto de campeão de pesos leves. 

Sem competir na MMA há quase dois anos McGregor será destituído do seu cinturão de pesos leves, conquistado em 2016, para o vencedor da luta entre Khabib Nurmagomedov e Artem Lobov.

Irado com a decisão, o lutador irlandês irrompeu por um evento da UFC, acompanhado de várias pessoas, atirou objectos contra autocarro onde seguiam atletas e o grupo fez várias agressões, causando um tumulto em Nova Iorque.

 

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

Olá, deixe seu comentário O seu comentário ficará oculto até ser aprovado pela nossa equipa.

Envie seu Comentário

Enviando Comentário Fechar :/